Arquivo da tag: Vera Reich

Três leilões SOU SENEPOL atingem sucesso absoluto na Expogrande

foto roberto, beth, vera e ivo leilao sou senepol materia site senepol san

Campo Grande (MS) – Os criatórios Senepol CMI, de Vera e Ivo Reich, e Senepol da San, de Elizabeth e Roberto Coelho, promoveram três leilões que superaram as expectativas, durante a Expogrande 2015, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. De acordo com a empresa Programa Leilões, no total, dos três eventos, foram vendidos 121 animais que correspondem a R$ 2.760.900,00.

No Leilão Origens Elite Senepol CMI, San e Convidados, realizado no último dia 27, no tatersal de elite 2 (Acrissul), foram comercializados 28 cabeças da mais alta genética Senepol. Valor total de R$ 1.101.000,00.

Já no Leilão Virtual Bezerras e Prenhezes Senepol, no dia seguinte, 28, no ponto de encontro Murano Buffet, foram ofertados 28 animais. Total de R$ 784.500,00.

E no terceiro leilão da programação SOU SENEPOL, de Matrizes, realizado também no tatersal 2 da Acrissul, foram vendidos 65 animais. Total de R$ 875.400,00.

Muitos pecuaristas de vários cantos do país aproveitaram para começar um plantel de Senepol.

Criatórios de todo o Brasil participaram como convidados. O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol, Gilmar Goudard, e técnicos do Programa Geneplus Embrapa marcaram presença. Além dos leilões, dois pavilhões com belíssimos animais receberam milhares de visitantes durante a feira.

 

Carlos Arakaki (assessor de imprensa | DRT 495/MS)

Origens Elite Senepol fatura alto em estreia

 

Origens Elite Senepol fatura alto em estreia
Grupo Sou Senepol, de Ivo Reich, da Fazenda CMI, e Roberto Coelho, da Fazenda San, abriu sua trinca de remates na Expogrande com a venda de 30 doadoras por R$ 1,2 milhão
Alisson Freitas

Embalados pelo bom momento da raça, o grupo Sou Senepol promoveu na noite de 27 de abril, o Leilão Origens Elite Senepol, em Campo Grande, MS. O evento aconteceu no tatersal Hélio Coelho, no Parque de Exposições da Acrissul, e fez parte da agenda da 77ª Expogrande.


Foram vendidos 30 doadoras de alta genética, selecionadas por Ivo Vlademir Reich, da Senepol CMI, de Camapuã, MS; e Roberto Folley Coelho, da Senepol SAN, de Miranda, MS; e também por convidados especiais de diversas regiões do País. Os negócios computaram R$ 1,2 milhão, média geral de R$ 42.640.

O destaque foi Joy da CMI, filha de RD Hércules 6801J em GST Arena 218, doadora que produziu diversos campeões da Prova de Avaliação de Desempenho do Senepol (PADS). Os novos proprietários do animal são Paulo Garcia, da Senepol 3G, e Gabriel Pinzan, da Senepol Liberdade, que deram lance de R$ 144.000 para fechar a compra.


Segunda etapa – O grupo voltou às atividades na noite de 28 de abril, com um leilão virtual de bezerras e prenhezes. A negociação de 30 lotes arrecadou R$ 799.500, média geral de R$ 27.102. O foco das foram as fêmeas, com 26 animais à média de R$ 26.176. Levada pela convidada Zélia Bellodi, ZB 44 FIV, de 12 meses, se distanciou do grupo ao ser negociada por R$ 66.000 para José Luiz Balardin em parceria com a Senepol JJ e Senepol JMO. Nas prenhezes, a média foi de R$ 33.000 por quatro lotes.


No total, a dupla de pregões Sou Senepol movimentou R$ 2 milhões com a venda de 60 lotes. O grupo ainda promoverá na noite de quinta-feira, 30 de abril, um leilão de matrizes, que encerrará suas atividades na feira.


As vendas de ambos os remates foram fechadas na batida de martelo dos leiloeiros João Antônio Gabriel e Cláudio Gasperini, com captação de lances para pagamentos em 30 parcelas. A organização foi da Programa Leilões e a transmissão do Canal Rural.

Fonte: www.portaldbo.com.br

 

 

O que há de melhor em genética Senepol, do mundo, estará na Expogrande

LASA 213 Galia da LASA, Senepol San, Roberto Coelho, Fazenda San Francisco, Senepol da San, sou senepol, Senepol Brasil, senepol pantanal, mato grosso do sul, pecuaria

Gália da LASA, filha do HBC Wizard com SAMPA JAJ, à venda no leilão dia 27/4.

Campo Grande (MS) – Na Expogrande deste ano, Senepol CMI, Senepol da San e criatórios convidados de todo o Brasil vão apresentar, em dois pavilhões e nos três leilões, o que há de melhor da raça Senepol no mundo.

Entre os animais destaques estão a 1016, a Joya da CMI, animal P.O.I., filha do RD Hércules. O avô materno dela é o ASL CR Dutchman. E a 1222, Tayga da CMI, animal P.O.I., filha do CH Profit, neta do PRR 840.

Outra fêmea que também chama a atenção é a Tambacounda da Lasa, ou Lasa 90. Ela é Campeã em Produção de Oócitos, no Centro-Oeste brasileiro. Um animal P.O.I., filha do Pack Power ACE. O avô materno dela é o HBC MR Max HBC.

Doadora também estrela do SOU SENEPOL é a Galia da Lasa. Animal P.O.I., filha do HBC Wizard, neta do GST Sol. Todos os animais fazem parte do Programa Geneplus Embrapa (PADS e ATJPLUS Senepol).

A raça, considerada a melhor para cobrir a campo, é conhecida pela adaptabilidade. Os animais são pesados, precoces, rústicos e muito dóceis. Excelentes para quem busca heterose a partir de cruzamento industrial. O Senepol veio para contribuir, com excelência, na pecuária brasileira e no mercado da carne.

A Expogrande será realizada entre os dias 23 de abril e 03 de maio, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Leilões SOU SENEPOL dias 27, 28 e 30 de abril. Quem assina a assessoria de Pecuária é a Alpha (67) 8208-1000.

Conheça um pouco do Senepol da San em https://www.youtube.com/watch?v=kK-G5PuqvEI&feature=youtu.be

capa video youtube sou senepol senepol da san

Carlos Arakaki (assessor de imprensa SOU SENEPOL / DRT 495/MS)

SOU SENEPOL é destaque na Expogrande 2015 com dois estandes e três leilões

sou senepo, senepol san, senepol brasil, roberto coelho

Campo Grande (MS) – Durante a 77ª Expogrande, que vai ser realizada entre os dias 23 de abril e 3 de maio de 2015, promovida pela Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), no Parque de Exposições Laucídio Coelho, o SOU SENEPOL trará animais consagrados em dois estandes e em três leilões.

Na segunda-feira, 27 de abril, a partir das 20h00 (horário de MS), no Tatersal de Elite 2 Hélio Martins Coelho, Senepol da San, Senepol CMI e convidados vão ofertar 32 doadoras do mais elevado padrão genético, no Leilão Origens Elite Senepol. Transmissão simultânea do Canal Rural para todo o Brasil.

Já na terça-feira, 28 de abril, às 20h00 (horário de MS), no ponto de encontro Murano Buffet, localizado na avenida Afonso Pena, 4.557, será a vez do Leilão Virtual Bezerras e Prenhezes Senepol. Senepol CMI, Senepol da San e convidados vão ofertar 30 bezerras e 4 lotes prenhezes. A transmissão também será feita pelo Canal Rural.

No dia 29, quarta-feira, a partir das 10h30 (horário de MS), a fazenda Senepol CMI vai abrir as porteiras para os amigos-pecuaristas, em uma confraternização especial. Mais um momento da programação para falar sobre a raça que mais cresce no país.

E na quinta-feira, dia 30 de abril, às 20h00 (horário de MS), de volta ao Tatersal de Elite 2 Hélio Martins Coelho, no Parque de Exposições, San, CMI e convidados vão ofertar 80 fêmeas excepcionais da raça. Vai ser o leilão Matrizes Senepol. Desta vez, a transmissão será Canal do Boi.

O SOU SENEPOL irá receber convidados dos seguintes estados: Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Mato Grosso do Sul. Entre eles, os pecuaristas, artistas de renome nacional, Almir Sater, Michel Teló e Jads e Jadson. Durante a participação na maior feira agropecuária do Centro-Oeste brasileiro, vamos receber também representantes da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol e do núcleo Geneplus Embrapa.

“O Brasil já produz materiais genéticos superiores aos que podemos importar. Precisamos usar o que é nosso. Todos os animais do SOU SENEPOL estão sob cuidados de testes, PADS – Prova de Avaliação de Desempenho do Senepol e ATJ – Programa de Avaliação de Touros Jovens, da Geneplus Embrapa. Os animais adquiridos em um de nossos leilões, serão estrelas dos plantéis dos investidores”, afirma Roberto Folley Coelho, Senepol da San.

Mais informações em http://sousenepol.com.br/

Carlos Arakaki (assessor de imprensa SOU SENEPOL | DRT 495/MS)

Fazenda San Francisco une criação de Senepol e agroecoturismo em perfeita harmonia

LASA 90, CN5K, SENEPOL SAN, SOU SENEPOL, ROBERTO COELHO

Foto: LASA 90 com bezerro filho do Absoluto da BAMA à venda no Leilão Origens Elite dia 27 de Abril – Senpol da San por FV5 Produçõe

Campo Grande (MS) – A Fazenda San Francisco, localizada a 236 quilômetros da capital Campo Grande, no município de Miranda, chama a atenção entre os inúmeros destaques do Pantanal brasileiro. Em 15 mil hectares, a mata nativa, a agricultura irrigada, a pecuária de alto valor agregado e o turismo convivem em plena harmonia.

A propriedade cria Senepol de altíssima carga genética. Comercializa os animais, considerados da melhor raça para cobrir a campo, para todo o Brasil. O criatório de Senepol está à disposição pra quem quiser conhecer. Os turistas, pessoas do mundo inteiro, que se hospedam na pousada que fica na Fazenda San Francisco, têm, além do privilégio de conhecer as belezas da fauna e flora locais, a visitação ao criatório de animais Senepol.

São cerca de 70 visitantes por dia. Uma das opções da pousada é o day use. O visitante investe 178 reais, com direito a passeio de safári fotográfico, chalana, almoço, lanche da tarde, e pode desfrutar de todo o complexo da fazenda em um dia. Outra opção é a hospedagem. A diária para o casal é de 448 reais (por pessoa), pensão completa e direito a três passeios. O turista vai conhecer múltiplas atividades integradas, desde o clima da natureza selvagem, remando por corixos, cavalgadas pelo Pantanal e pelas invernadas de criação de gado, passando pelo cultivo de arroz irrigado, até um safári noturno, sempre respeitando o meio ambiente.

Caminhao turismo e Razor da lasa, senepol san, fazenda san francisco, roberto coelho, senepol brasil, ms, mato grosso do sul, touro, turismo, ecotuirmos, msquervc, pecuaria

Foto: Touro Razor da LASA

Mais informações no www.fazendasanfrancisco.tur.br. Telefones: (67) 3242-1088/ (67) 3242-3333.

A hora de investir em Senepol é agora

senepol, carne de senepol, churrasco, senepol san, senepol brasil, senepol ms, abcb, abcb senepol, senepol da san, fazenda san francisco, senepol pantanal, senepol no pantanal, pantanal

Com a perspectiva aquecida para exportação de carne bovina, utilizar o taurino tropical para reduzir o ciclo de abate é a opção certeira para atender à demanda

Ao avaliar a situação atual e as tendências para 2015, levando em consideração os patamares alcançados no último ano, observa-se uma perspectiva positiva para o consumo de proteína, especialmente a carne bovina, tanto no mercado interno como na exportação. O Brasil alcança bons resultados, em virtude da redução do número de animais em territórios concorrentes, da necessidade de consumo de países em desenvolvimento e de novos acordos.

O que se observa é a tendência expressiva para a exportação em 2015, resultado da soma de comercializações existentes e da abertura de novos mercados: Taiwan, Indonésia, Japão, Tailândia, Myanmar, Coréia do Sul, Coréia do Norte e Marrocos. Por isso, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne (Abiec), estima-se que neste ano a renda da exportação de carne bovina conquiste US$ 8 bilhões, superior à receita anunciada pela entidade no ano passado (US$ 7 bilhões).

Além dos novos países supracitados, a China, que em 2011 abriu o mercado para a aquisição direta de carne suína brasileira, formalizou, também, a reabertura de mercado para a obtenção de proteína bovina in natura, em novembro de 2014. Um dos fatores que estimulam a comercialização de carne brasileira para o mercado externo, e que deve ser mantido para que as metas continuem alavancar, é o cuidado com a sanidade animal, pois o País tem o maior rebanho livre de febre aftosa do mundo, de acordo com o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli

O que se almeja com o consumo de carne brasileira em diversos países é o estímulo para o investimento na pecuária de corte. Dessa forma, para atender o esperado é importante que os criadores invistam em animais de ciclo curto, que consigam oferecer o produto final de qualidade e em tempo hábil para atender a procura por proteína de origem bovina. O Senepol, por responder positivamente às pressões cronológicas, é uma das raças mais indicadas para produzir carne em curto prazo, com bom rendimento da carcaça e ganho de peso.

Assessoria de Imprensa/Berrante Comunicação

Por Karina Mamede

Para a evolução da raça Senepol, o caminho é identificar os melhores animais

Número expressivo de touros inscritos na 1ª Edição da Prova de Eficiência Alimentar de Touros Senepol, realizada pela UFU, com apoio da ABCB Senepol,…

Número expressivo de touros inscritos na 1ª Edição da Prova de Eficiência Alimentar de Touros Senepol, realizada pela UFU, com apoio da ABCB Senepol, demonstra a preocupação dos pecuaristas com o futuro da raça

A primeira edição da prova de eficiência alimentar da raça Senepol, proposta pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), obteve um número expressivo de animais cadastrados. Foram inscritos 44 touros, de 18 criatórios, localizados em diversas regiões do Brasil. Isso mostra a preocupação dos pecuaristas em melhorar o rebanho da raça no País.

Com o caráter técnico e científico, a prova certamente terá um impacto positivo para a evolução do Senepol, auxiliando na identificação dos reprodutores que conseguem, com eficácia, transformar a menor quantidade de alimento de baixo valor econômico em produto final (carne) de qualidade. Esta é a primeira prova de Consumo Alimentar Residual (CAR) apoiada pela Associação, o que evidencia a imparcialidade das avaliações. Além disso, será realizada por uma entidade de ensino superior respeitada e qualificada.

“A associação apoia essa prova, pois ela entende como uma forma de demonstrar aos produtores o caminho que deve ser dado à seleção genética e ao melhoramento dos seus animais através da avaliação, que, somando o ganho de peso diário, que é o quanto o animal ganhou por dia, contemplam duas características extremamente importantes em qualquer trabalho de seleção animal”, aponta o presidente do Conselho Deliberativo Técnico da ABCB Senepol, Pedro Crosara.

Foi delimitado para a realização da prova o número máximo de cinco animais por criatório. Dessa forma, cada criador pôde selecionar o que tem de melhor no plantel, atribuindo para muitos pecuaristas a possibilidade de conhecer e avaliar tecnicamente a genética do plantel. “Com as definições estabelecidas coloca-se o mesmo peso, critério e oportunidade de participação para diferentes pecuaristas da raça Senepol, criadores pequenos, médios e grandes têm o mesmo equilíbrio na prova, pois a ABCB Senepol e a UFU buscam animais diferenciados, que vão contribuir com o plantel da raça no Brasil, independente da origem do criatório”, acrescenta Crosara.

A expectativa é positiva para os pecuaristas, bem como para a professora doutora Carina Ubirajara, responsável pela realização da prova, que declarou entusiasmo com os resultados vindouros e disposição para seguir com o projeto nos próximos anos, uma vez que, para ela, avaliar a raça é fundamental para o desenvolvimento do taurino tropical.

“Acreditamos no potencial do Senepol, porém achamos que tem que ter avaliação, porque todas as raças têm elite, superior, regular e inferior. Por isso vamos encontrar os melhores. Além disso, o nosso foco é avaliação genética e melhoramento para a pecuária de corte, então, qualquer demanda científica é muito importante e a gente, enquanto universidade, tem que fazer o trabalho”, declara Carina.

Período de avaliação

A data estipulada para a entrada dos animais é de 20 a 23 de janeiro e, a partir do dia 26, a prova terá início. Para a obtenção de melhores resultados, a avaliação começa efetivamente após 21 dias de adaptação dos touros, no que diz respeito ao local, dieta, novo ambiente e a estrutura de GrowSafe, pois os animais precisam aprender a se alimentar individualmente. Após o período adaptativo as mensurações vão ocorrer a cada 14 dias.

senepol, senepol da san, senepol san, fazenda san francisco, senepol brasil, ms senepol, brasil, pantanal, ABCB, ABCB senepol

Por se tratar de uma prova em que o critério principal de seleção é o cálculo do CAR, ela terá duração de 91 dias e tem como data prevista para o término o dia 27 de abril de 2015.

Assessoria de Comunicação/Berrante Comunicação

Por Karina Mamede

Com o apoio da ABCB Senepol, UFU realiza avaliação do taurino tropical

A 1ª Edição da Prova de Eficiência Alimentar de Touros Senepol identificará os animais que estão prontos para produzir de forma eficiente e lucrativa para o plantel.

 

O avanço da pecuária nacional pressiona os pecuaristas a utilizarem animais eficientes e que podem render bons frutos para o criatório. Para identificar bovinos que atendem às necessidades do mercado, será realizada a 1ª Edição da Prova de Eficiência Alimentar de Touros Senepol.

A prova será desenvolvida na Vitrine Tecnológica da Fazenda Capim Branco, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), tendo o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol). O teste se propõe a realizar a avaliação dos touros da raça Senepol em relação ao consumo alimentar residual (CAR), tendo como objetivo central identificar animais com bom desempenho para eficiência alimentar.

A prova será realizada com 25 animais, no mínimo, sem exceder 55 taurinos, tendo como critério de preenchimento das vagas a ordem de inscrição, realizada através do e-mail da professora doutora Carina Ubirajara ([email protected]). Os pecuaristas devem preencher a ficha de inscrição e encaminhar para o endereço eletrônico entre os dias 05 e 09 de janeiro de 2015.

Segundo os critérios necessários para que os animais participem da prova, o criador deve inscrever os touros que tenham registro genealógico de nascimento (RGN) e que nasceram entre 01 de outubro e 30 de novembro de 2013. Cada criador pode inscrever, no mínimo, um animal e, no máximo, cinco touros Senepol.

A prova consiste na classificação dos animais pelo cálculo do CAR, através do GrowSafe. As mensurações realizadas com a ultrassonografia de carcaça (área de olho de lombo, acabamento e marmoreio), ganho em peso, perímetro escrotal e altura serão complementares.

Outras exigências para participar da avaliação: apresentar atestado negativo de brucelose e tuberculose bovina, RGN e contrato assinado, em duas vias. A prova terá início no dia 26 de janeiro, com término agendado para o dia 27 de abril de 2015.

 

Veja aqui o Regulamento no site da ABCB Senepol.

 

Senepol: Pesquisa aponta melhoradores

Levantamento de informações sobre a raça reúne dados sobre perfomance e seleciona melhores animais do rebanho

Um levantamento de informações sobre a raça senepol pretende estimular a procura pelos animais de pele vermelha. Para isso, criadores investiram em uma prova de ganho de peso. 

Três técnicos de setores diferentes, uma pesquisadora da Universidade Federal de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e 158 animais para serem avaliados. A tarefa de toda a equipe era levantar o máximo de informações sobre a raça senepol, que passaram por uma prova de ganho de peso de alta performance, nos últimos seis meses. O trabalho serviu como ferramenta de seleção do rebanho e foi realizado na Fazenda Tufubarina, no município de Monte Alegre de Minas (MG).

– Todo mundo produz fundo, meio e cabeceira. Mas como se identifica esse fundo, meio e cabeceira? É só através de avaliação. E não existe mais apenas a avaliação visual. Só ela não vale mais – explica o pecuarista Gustavo Rezende Vieira.

Os animais, machos e fêmeas, são contemporâneos em 90 dias e foram fechados no confinamento logo após a desmama. Durante a prova, receberam alimentação à base de concentrado proteico para crescimento, e silagem de milho.

Além do ganho de peso e do desenvolvimento de carcaça, várias outras características foram avaliadas durante os 168 dias da prova. Entre elas, as marcas reprodutivas e de padrão racial. Com todos os dados em mãos será possível separar os animais com potencial para ser melhoradores dentro da raça, tanto para a produção de animais puros, quanto para os cruzamentos.

Os lotes foram divididos em quatro grupos: inferior, regular, superior e elite. A classificação foi feita com base nos dados levantados durante as pesagens, medições e exames com ultrassonografia, além das notas da avaliação visual. Pontuação que nem sempre coincidia, se para um dos técnicos os aprumos de determinado animal mereciam nota 4, para o outro poderia não ser bem assim. Uma divergência saudável, que contribuiu para a eleição de animais diferenciados.

– É uma raça que se destaca em produtividade, se destaca em precocidade sexual, se destaca em rendimento através da avaliação por meio da área de olho de lombo, e é importante dentro desse conjunto de animais da raça senepol, a gente identificar aqueles que realmente são avaliados geneticamente superiores – diz a diretora de Produção Animal da AFU, Carina Ubirajara de Faria.

De acordo com o pecuarista Gustavo Rezende, apenas os animais dos lotes superiores e elite serão destinados à reprodução, para garantir a continuidade do melhoramento. O senepol tem apenas 14 anos de Brasil, mas, segundo esse representante de central de inseminação artificial, os animais da raça estão em evidência como uma das boas opções para a pecuária de corte no país.

– É um animal resistente a ectoparasitas, resistente ao calor. Ele aguenta um desafio um pouco maior de alimento em sistema de pastagem, e devido a isso é que o pessoal tem buscado essa raça – afirma Miguel Abdalla, gerente de corte taurino.

Em uma central, que fica em Uberaba (MG), oito touros senepol estão em coleta. De acordo com dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), só no primeiro semestre de 2014 foram vendidas mais de 42 mil doses de sêmen de reprodutores da raça. Sinônimo de reconhecimento para quem se dedica à seleção desses animais.

– Já conseguimos nesses 14 anos de Brasil, identificar quais são os animais melhoradores para o objetivo daquele criador. Dependendo de qual o sistema de produção dele, já têm animais para atendê-lo bem, nos mais diversos sistemas de produção – garante Rezende.

 

 

 

 

 

 

 

 

Pioneira no Estado, criatório leiloa lotes da raça taurina Senepol que é ascensão em MS

O sucesso da criação da raça é tão grande que a família Reich está promovendo um leilão de liquidação para os dias 6, 8 e 9 de dezembro. Serão ofertados 245 animais, sendo 80 doadores, 15 reprodutores e 150 babies em lotes individuais e múltiplos

Um dia de campo foi preparado à imprensa na última segunda feira (24) na Fazenda Senepol Luar, em Camapuã, localizada a 130 quilômetros de Campo Grande, sentido Cuiabá, às margens da BR-163. O criatório, do proprietário rural, Sr. Adilson Reich, um dos pioneiros na criação do Senepol em Mato Grosso do Sul e referência entre os criadores no Brasil.

 

Reich e seu filho Guilherme Reich receberam os jornalistas em uma manhã que o tempo ameaçava chover, porém o sol e os ventos não atrapalharam toda a equipe da fazenda de mostrar a todos as belezas do Senepol Luar. Adilson explicou que começou a utilizar o Senepol há mais de 10 anos em cruzamentos, na tentativa de melhorar o desempenho dos rebanhos na produção de carne.

 

“Eu conheci primeiramente através do cruzamento, cruzando Senepol com vacas nelore e fiquei impressionado com esse cruzamento que começamos a correr atrás. Colocando também em cima, meio sangue Senepol e aí no ano de 2004 fomos ver um criatório em Ariquemes da Nova Vida, compramos alguns animais e começamos a criação de animais puros”, disse o produtor.

Naquela época o pecuarista investiu na compra de seis matrizes e começou o trabalho de melhoramento genético na fazenda. “Começamos fazendo transferência de embrião. Também importando embriões dos EUA para multiplicar”, relembrou.

 

O senepol é uma raça de gado ainda pouco conhecida no Brasil. É o resultado do cruzamento das raças n´dama, presente no Senegal, com o red poll, da Grã-Bretanha. Os principais atrativos desse cruzamento são a adaptação ao clima quente de Mato Grosso do Sul e o desenvolvimento precoce.

 

O clima quente do Estado favorece a criação do gado Senepol. A raça rústica tem bom desenvolvimento mesmo em altas temperaturas. Outra vantagem é que os animais exigem menos cuidados e são mais resistentes aos parasitas, além da precocidade.

 

Pesquisas com o Senepol estão sendo realizadas em parceria com a fazenda e a Embrapa Gado de Corte na Capital. Os pesquisadores oferecem assistência técnica aos criadores de todo o Brasil, além disso, animais puro sangue e cruzados passam por análises que vão ajudar na avaliação dos benefícios da raça na produtividade de carne do rebanho.

 

“Nós avaliamos por duas safras, começamos ano passado, agora em agosto passado nasceu a primeira, o ano que vem nasce a segunda. Nós estamos avaliando desde o nascimento até o abate, então todas as fases de produção, na cria, recria e terminação em sistema precoce, ou seja, desmama em 8 meses uma recria de 1 ano a pasto com suplementação mineral nas águas e energético proteica na seca e uma terminação em confinamento com abate em 24 meses produzindo um novilho precoce de qualidade”, disse o pesquisador zootecnista da Embrapa Gado de Corte.

 

Hoje a raça segundo a Associação dos Criadores está presente em 15 países. A fazenda Senepol Luar faz parte do núcleo brasileiro de melhoramento genético da raça Senepol e os resultados dos investimentos podem ser vistos no rebanho.

 

 

Por ano são vendidos na fazenda cerca de 100 touros reprodutores. Eles saem da fazenda em média aos 18 meses e já prontos para reprodução, o diferencial deste animal é que ele consegue fazer a cobertura campo de até 50 vacas.

 

O sucesso da criação da raça é tão grande que a família Reich está promovendo um leilão de liquidação para os dias 6, 8 e 9 de dezembro próximo. Serão ofertados 245 animais, sendo 80 doadores, 15 reprodutores e 150 babies (fêmeas e machos), em lotes individuais e múltiplos. No dia 6, o leilão será presencial, às 13h, no Terra Nova Centro de Eventos, em Campo Grande. Nos outros dois dias o evento será virtual, com transmissão pela Canal Rural.

 

Fazem parte do leilão ainda mil embriões e 1,5 mil doses de sêmen, ainda sem pacotes definidos. A expectativa do Sr. Adilson Reich é alcançar de 8 a R$ 12 milhões com o leilão. “Esperamos ter nesses três dias de leilão, sucesso absoluto. Optamos por liquidar alguns lotes por questões de negócios”, disse o herdeiro, Guilherme Reich.