Arquivo da tag: CRIOULO NO PANTANAL

Atenção à qualidade dos confinamentos pode garantir o bem-estar dos animais

Copiei aqui uma matéria sobre a manutenção das cocheiras no qual me ajudou a tirar algumas dúvidas, uma delas era o uso de palha de arroz, já vi o uso em cocheiras em vários lugares, aqui na fazenda usamos maravalha porém uma vez que levamos nossos cavalos em uma exposição e a cama era de palha de arroz os cavalos comeram e começaram a ter cólica e foi um desespero, desde então eu não tive mais coragem de usar. A palha de arroz para nós é gratuita pois na Fazenda San Francisco há cultivo de arroz irrigado e o transporte não é um problema como é o da maravalha. Quando acabar a maravalha vou fazer um teste com a palha de arroz e coloco aqui o resultado. A nossa chocheira é feita de bambu e eucalipto. Pensando na ventilação, fizemos ela aberta em uma área alta pois no pantanal o calor diário é de 35 a 40 graus, apenas em alguns meses faz frio.

 
Segue a matéria:
 
Grande parte da saúde e bem-estar dos animais está relacionada com o ambiente em que eles vivem. Quando se trata de confinamento, a higiene das baias tem grande importância para o bom desenvolvimento e a manutenção da saúde dos cavalos. O espaço, a cama, o cocho e outros quesitos precisam estar higienizados, arejados e em bom estado para o animal viver bem.
O tamanho ideal para uma baia é de 12 metros quadrados. É importante também respeitar essas medidas para trazer conforto ao animal, permitindo que ele consiga se movimentar tranquilamente. O ambiente ser arejado torna o confinamento menos estressante e o cuidado com uma boa circulação de ar na baia é essencial.
Segundo o tratador de uma hospedaria de cavalos em Pelotas/RS, Éber Veiga Pereira de Ávila, a manutenção das camas deve ser rotineira e a casca de arroz ou a serragem/maravalha são recomendadas para utilização como cama. “Se for de casca de arroz, a cama deve ser de cascas velhas e novas, a cada reposição. Senão o cavalo pode acabar se alimentando da cama, se for só de novas”, disse Ávila. 
Conforme o tratador, a casca de arroz é o melhor item por ser de fácil acessibilidade na quantidade demandada diariamente na região Sul do Rio Grande do Sul, além de ser macia, de melhor para o manejo e barata. Em camas de serragem, a atenção deve ser redobrada no pó que acumula e que pode vir a ocasionar alergia respiratória nos animais.
Outros exemplos de camas são as feitas de areia, pisos de borracha cobertos com serragem, capim seco ou palha. Independente do material é aconselhável limpar as fezes e urina pelo menos duas vezes ao dia, para não acumular detritos fecais e evitar possíveis doenças por contaminação. 
Higienização dos cochos
A atenção com os locais onde são dispostos os alimentos e a água que o animal ingere também é fundamental para a saúde do equino. É preciso ter o cuidado em evitar que os resíduos da comida acumulem e apodreçam podendo ser possivelmente ingeridos pelo cavalo e gerar distúrbios gastrointestinais (cólicas).
O indicado é retirar os restos de ração e limpar o cocho com água corrente após cada refeição, assim o ambiente fica sempre limpo eimpede a fermentação de alguns alimentos desperdiçados dentro e fora do recipiente. 
Confinamento
Os equinos retirados do seu habitat natural e submetidos ao confinamento sofrem com a adaptação à nova condição, que propicia alterações comportamentais em decorrência do confinamento prolongado desses animais. Se ele estiver sempre bem alimentado, o local com tamanho adequado, arejado e limpo, que não propicie doenças, lesões ou estresse impedirá possíveis problemas fisiológicos, físicos e vícios frequentemente observados em animais estabulados, oferecendo o bem estar merecido e de direito do animal.



Redator: Karen Nunes/ABCCC

Lote 9: Tj Simpatia & Fazendeira da Onça-Pintada – Crioulo A VENDA

Lote 9: Tj Simpatia & Fazendeira da Onça-Pintada – Crioulo A VENDA 

Égua de bela pelagem e de muita consistência de sangue funcional chileno. Filha de Sta. Elba Cogollo em mãe de sangue Hornero e Cardal. Olha o que esta é​gua produz! A feminha ao pé, Fazendeira da Onça-Pintada​ é filha de Veneno de Santa Angélica e estará a venda também, nascida em 31/10/​2013.Devemos observar que todas filhas de TJ Simpatia ficaram na reserva da cabanha Onça-Pintada e Genetica Aditiva. Prenha de Mais um Guerreiro (JA Anarquista X Uva Merlot da Sta. Edwiges – Reservada Grande Campeã de Esteio).

​3 em 1, essa égua é domada, de excelente temperamento e muito inteligente.
26/04/2014 – 4º LEILÃO UNIÃO DA RAÇA CRIOULA MS

Lote 9 • Nome: TJ Simpatia • Fêmea • 13/10/2003 • SBB 209596 • RP 202

Durante a Expogrande 2014

Veja o catálogo online em http://www.geneticaaditiva.com.br/leiloes/leiloes/26-04-2014-4-leilao-uniao-da-raca-crioula-ms/155/?pagina=8

Condições do remate: 50 (cinquenta) parcelas fixas, sendo:

2 (duas) parcelas para pagamento no ato da compra;

2 (duas) parcelas para pagamento 30 dias da compra;

2 (duas) parcelas para pagamento 60 dias da compra;

44 (quarenta e quatro) parcelas mensais e consecutivas com a primeira vencendo 90 dias do ato da compra e as demais nos mesmos dias dos meses seguintes.

Transmissão: Canal do Boi

Leiloeira: Programa Leilões/Crioulo Remates