Para a evolução da raça Senepol, o caminho é identificar os melhores animais

Número expressivo de touros inscritos na 1ª Edição da Prova de Eficiência Alimentar de Touros Senepol, realizada pela UFU, com apoio da ABCB Senepol,…

Número expressivo de touros inscritos na 1ª Edição da Prova de Eficiência Alimentar de Touros Senepol, realizada pela UFU, com apoio da ABCB Senepol, demonstra a preocupação dos pecuaristas com o futuro da raça

A primeira edição da prova de eficiência alimentar da raça Senepol, proposta pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), obteve um número expressivo de animais cadastrados. Foram inscritos 44 touros, de 18 criatórios, localizados em diversas regiões do Brasil. Isso mostra a preocupação dos pecuaristas em melhorar o rebanho da raça no País.

Com o caráter técnico e científico, a prova certamente terá um impacto positivo para a evolução do Senepol, auxiliando na identificação dos reprodutores que conseguem, com eficácia, transformar a menor quantidade de alimento de baixo valor econômico em produto final (carne) de qualidade. Esta é a primeira prova de Consumo Alimentar Residual (CAR) apoiada pela Associação, o que evidencia a imparcialidade das avaliações. Além disso, será realizada por uma entidade de ensino superior respeitada e qualificada.

“A associação apoia essa prova, pois ela entende como uma forma de demonstrar aos produtores o caminho que deve ser dado à seleção genética e ao melhoramento dos seus animais através da avaliação, que, somando o ganho de peso diário, que é o quanto o animal ganhou por dia, contemplam duas características extremamente importantes em qualquer trabalho de seleção animal”, aponta o presidente do Conselho Deliberativo Técnico da ABCB Senepol, Pedro Crosara.

Foi delimitado para a realização da prova o número máximo de cinco animais por criatório. Dessa forma, cada criador pôde selecionar o que tem de melhor no plantel, atribuindo para muitos pecuaristas a possibilidade de conhecer e avaliar tecnicamente a genética do plantel. “Com as definições estabelecidas coloca-se o mesmo peso, critério e oportunidade de participação para diferentes pecuaristas da raça Senepol, criadores pequenos, médios e grandes têm o mesmo equilíbrio na prova, pois a ABCB Senepol e a UFU buscam animais diferenciados, que vão contribuir com o plantel da raça no Brasil, independente da origem do criatório”, acrescenta Crosara.

A expectativa é positiva para os pecuaristas, bem como para a professora doutora Carina Ubirajara, responsável pela realização da prova, que declarou entusiasmo com os resultados vindouros e disposição para seguir com o projeto nos próximos anos, uma vez que, para ela, avaliar a raça é fundamental para o desenvolvimento do taurino tropical.

“Acreditamos no potencial do Senepol, porém achamos que tem que ter avaliação, porque todas as raças têm elite, superior, regular e inferior. Por isso vamos encontrar os melhores. Além disso, o nosso foco é avaliação genética e melhoramento para a pecuária de corte, então, qualquer demanda científica é muito importante e a gente, enquanto universidade, tem que fazer o trabalho”, declara Carina.

Período de avaliação

A data estipulada para a entrada dos animais é de 20 a 23 de janeiro e, a partir do dia 26, a prova terá início. Para a obtenção de melhores resultados, a avaliação começa efetivamente após 21 dias de adaptação dos touros, no que diz respeito ao local, dieta, novo ambiente e a estrutura de GrowSafe, pois os animais precisam aprender a se alimentar individualmente. Após o período adaptativo as mensurações vão ocorrer a cada 14 dias.

senepol, senepol da san, senepol san, fazenda san francisco, senepol brasil, ms senepol, brasil, pantanal, ABCB, ABCB senepol

Por se tratar de uma prova em que o critério principal de seleção é o cálculo do CAR, ela terá duração de 91 dias e tem como data prevista para o término o dia 27 de abril de 2015.

Assessoria de Comunicação/Berrante Comunicação

Por Karina Mamede

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *