Conheça o Criatório SENEPOL SAN

Conheça o Criatório SENEPOL SAN

*Qual a base do  plantel de Senepol SAN? Qual o objetivo da sua criação?*

Na fase inicial do Senepol fomos buscar material genético diversificado e disponível no mercado. Então passamos por uma etapa de avaliação deste material que coincidiu que culminou com o inicio do trabalho de Avaliação Genética da Embrapa – o programa Geneplus.

Baseando-se nessas informações e na experiência adquirida pela Genética Aditiva hoje estamos identificando o Senepol melhorador. O sistema de produção da Fazenda San Francisco é predominantemente a pasto. Utilizamos  de fertilização in vitro e transferência de embriões em tempo fixo para multiplicar os expoentes genéticos já detectados. Após três ciclos reprodutivos de cada fêmea doadora, portanto coincidindo com a entrada de suas filhas no plantel, ofertamos estas fêmeas no mercado pois passamos a
produzir com as suas filhas.

As linhagens que originaram este animais são CN e WC, que são as duas linhagens principais que originaram o Senepol no Caribe. A base do rebanho da SAN vem dos melhores linhagens, representadas pelos afixos: WC, PRR, CN, OLR, SCR, GST, AC, JAJ, RD, HBC, AGL, ZT.

*Objetivo com a criação do SENEPOL:*

Tínhamos extensos rebanhos nelore e era uma luta para conseguir ganhos em produtividade. Logo ficou claro que a melhor solução era o cruzamento com raças taurinas. Muitos tipos e formas de cruzamentos foram tentados. O melhor resultado em produtividade e qualidade de carne foi obtido com o Montana CEIP que utiliza a complementariedade entre as raças mantendo sempre alta heterose. Nas importações feitas para a construção do Composto Montana vieram dez raças adaptadas e destas dez a melhor de todas foi o Senepol, daí a nossa escolha. Hoje estamos trabalhando na sucessão familiar, passando o negócio e a filosofia de vida para as filhas
sucessoras que já são apaixonadas pelo gado, levam muito a sério o melhoramento genético do rebanho e trabalham para produzir animais com alto valor genético, produtivo e bem avaliado.

Senepol SAN Genetica de peso - matrizes Senepol
Senepol SAN Genetica de peso – matrizes Senepol

*Como você vê a evolução da raça Senepol?*

Os criadores de Senepol hoje já estão atentos da necessidade de melhoria do rebanho puro através de programas de avaliação genética e provas de avaliação de desempenho na busca de identificar animais melhoradores.
Paralelo a isso, cada vez mais produtores e investidores vem acreditando na raça que já esta consolidada como excelente produtora de carne de qualidade e em quantidade. A raça cresce ano a ano pautada em um trabalho sério dos criadores com apoio da Associação. Vai ocupar um grande espaço na produção de carne com qualidade no Brasil.

*Quais benefícios você destacaria como os mais importantes da raça Senepol? Qual a principal contribuição da raça para o Brasil?*

Fazer o cruzamento industrial com touro a campo produzir animais com carne de qualidade de forma simples e barata.

*Como avalia o desempenho do Senepol a pasto? O Senepol funciona a pasto?*

Sim, observamos em diversas ocasiões os touros cobrindo vacas a campo em condições de extremo calor do Pantanal sul-matogrossense, onde a temperatura predominante é de 35 – 40°C quase o ano todo.

Em sua primeira estação de monta, o touro jovem cobre de 25 a 30 vacas. Já em sua segunda estação, se bem manejado, o touro pode cobrir até 50 vacas. O touro senepol é precoce e resistente o que trás a longevidade, portanto um touro bem cuidado pode atender várias estações de uma fazenda.

RAZOR DA LASA - FOTO SEMEX

*Como o senhor vê o futuro do Senepol na pecuária nacional?*

Cobrindo a pasto, fazendo heterose a campo nos grandes rebanhos de regiões mais inóspitas onde a tecnologia de inseminação artificial não consegue chegar tanto pela logística ou pelo custo.

*Qual o potencial da raça no cruzamento industrial? Qual a vantagem da carne do nelore cruzado com Senepol?*

O touro Senepol cobre muito bem a vacada a campo e quando usada em raças zebuínas encurta o ciclo do produtor, produzindo um animal mais pesado em menos tempo, aumentando a produtividade da fazenda. Resultam produtos de melhor constituição, mais vigorosos e de maior capacidade de produção.

*Como a associação e o criador podem trabalhar no sentido do valor agregado da carne do Senepol?*

Formar um grupo de criadores e engordadores de produtos resultantes do cruzamento com senepol para ser fornecedor qualificado em programa de carnes especiais. Começar a criar uma demanda por carne Senepol no mercado consumidor. Outro ponto será trabalhar para o publico final qual é o diferencial da carne Senepol.

Senepol SAN – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho. www.senepolsan.com.br – Pantanal – Miranda/MS.
Senepol SAN – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho.
www.senepolsan.com.br – Pantanal – Miranda/MS.

*É possível ganhar dinheiro com o Senepol? Como?*

Sim. O produtor pode investir na raça pura onde irá produzir touros e matrizes para venda com genética agregada ou comprar touro ou sémen e utilizar na vacada para fazer cruzamento industrial. Outro mercado em
grande ascensão é o de venda de embriões que tem se consolidado também como um bom negócio. Como em toda criação tratamos de animais e para se ter sucesso é importante cuidar do negócio desde o manejo inicial com o gado, passando por uma seleção boa na fazenda, trabalhar para valorização comercial do seu gado/genética e um pós venda com assessoria no negócio fazendo com que o seu cliente também construa um negócio de sucesso e tenha êxito pessoal e profissional no Senepol. O produto meio sangue senepol é muito bem valorizado pois serve tanto para abater no ciclo curto como também para reposição de matrizes, já que elas são resistentes e possuem habilidade materna, criando bem seus bezerros.

*Que conselho o sr. dá para quem quer começar a investir na raça?*

Escolher com critério os animais que vai comprar para compor o rebanho e buscar os criatórios de referência em seleção genética. Pode-se começar rápido através da aquisição de embriões e utilização de receptoras, aqui
sugerimos um critério rigoroso na seleção das doadoras e das mães receptoras dos embriões, precisam já ter sido provadas como mães e, ter boa saúde e pois o investimento é alto. A escolha da genética dos embriões
também é outro fator extremamente importante pois resultará num maior apelo comercial na venda do produto final, seja ele o animal ou novos embriões. Entender o que o mercado procura, no futuro da pecuária e nas tendências, buscar animais avaliados pelo Geneplus e fazer animais com alto valor, o que é um grande desafio.

Na escolha de matrizes para começar o rebanho é importante buscar animais com saúde, de boa produtividade, que possuam um bom histórico no rebanho e de boas DEPS. Buscar uma genética que imprima animais mais produtivos e melhores. Usar em seu rebanho puro sempre touros jovens recomendados pelo ATJ-PLUS Embrapa e fazer avaliação genética do seu rebanho através do Geneplus Embrapa, utilizando a ciência para promover a melhoria do rebanho Senepol brasileiro.

*Por: Carolina Coelho e Andréa Lucia Coelho

Senepol SAN – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho.

www.senepolsan.com.br – Pantanal – Miranda/MS.

PROCURA-SE 1570 DA SAN! Senepol San – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho.

PROCURA-SE 1570 DA SAN!

Novilha em pleno desenvolvimento, filha direta do PRR 940, touro com poucos filhos no Brasil em mãe CN 5225. Carrega em seu ventre uma grande carga genética, esta prenha do Baol da Gral,touro líder do sumário Geneplus Embrapa, TOP 0,1% filho do PRR 840 em mãe WC 754A.

Previsão de 40 oócitos.

1570 será ofertada no 1º Leilão Virtual PROCURA-SE GENÉTICCA SENEPOL. O leilão será dia 23 de Junho de 2016 e ofertará embriões e doadoras da raça SENEPOL. Será as 20h com transimssão pelo Canal do Boi.

Ponto de encontro: Uberlandia Shopping – Uberlandia – MG 

Leiloeira: WW Leilões – Cadastre-se e garanta suas compras: (18) 3551-9696 – Stephanie ou Lia.

Informações: Carolina Coelho – carol@fazendasanfrancisco.tur.br – (67) 9980-9044

Senepol San – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho.

www.senepolsan.com.br – Pantanal  – Miranda/MS.

 

PROCURA-SE 1570 DA SAN! Senepol San – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho.

PROCURA-SE 1570 DA SAN!

Novilha em pleno desenvolvimento, filha direta do PRR 940, touro com poucos filhos no Brasil em mãe CN 5225. Carrega em seu ventre uma grande carga genética, esta prenha do Baol da Gral, touro líder do sumário Geneplus Embrapa, TOP 0,1% filho do PRR 840 em mãe WC 754A.

Previsão de 40 oócitos.

1570 será ofertada no 1º Leilão Virtual PROCURA-SE GENÉTICCA SENEPOL. O leilão será dia 23 de Junho de 2016 e ofertará embriões e doadoras da raça SENEPOL. Será as 20h com transimssão pelo Canal do Boi.

Ponto de encontro: Uberlandia Shopping – Uberlandia – MG 

Leiloeira: WW Leilões – Cadastre-se e garanta suas compras: (18) 3551-9696 – Stephanie ou Lia.

Informações: Carolina Coelho – carol@fazendasanfrancisco.tur.br – (67) 9980-9044

Senepol San – Genética de Peso – Tradição, Qualidade e Trabalho.

www.senepolsan.com.br – Pantanal  – Miranda/MS.

 

Herança do bisavô Laucídio Coelho sobre Pecuária. Uma história pra contar…

Herança do bisavô Laucídio Coelho sobre Pecuária:

A primeira obrigação do homem é ser honesto com ele mesmo, fazendo tudo bem feito para chegar ao final!

…Ele não queria boi só porque era bonito. Ele queria boi, porque o resultado daquele boi, da reprodução daquele boi, ia dar um produto final adequado. E foi sempre assim que ele nos orientou na vida.

Tradição, qualidade e trabalho!
Entrevista com tio Magno Martins Coelho no Programa Grandes Criatórios para o leilão de Liquidação do Plantel LS.

É com muita tristeza que divulgo estes eventos que ofertará todo seu plantel em 4 etapas no mês de junho/2016. Assitam:

https://www.youtube.com/watch?v=KvZNubelL1o&feature=youtu.be

Familia Coelho – Tradição na Pecuária! Senepol SAN – Genética de Peso! 

www.senepolsan.com.br

 

PADS Senepol apresenta grandes novidades em sua 6ª edição

A PADS – Prova de Avaliação de Desempenho a Pasto do Senepol tem como objetivo, avaliar em condições padronizadas e democráticas, o desempenho dos animais participantes, quanto às características importantes para o melhoramento da raça Senepol, identificando animais de alto desempenho para serem utilizados como reprodutores em rebanhos puros da raça.

É promovida pelo NBM Senepol – Associação do Núcleo Brasileiro de Melhoramento Genético da Raça Senepol, em parceria com a Embrapa Gado de Corte e o programa Geneplus.

São avaliadas pelo conjunto das características como tipo racial, peso, ganho médio diário, evolução reprodutiva, conformação, precocidade e musculosidade, área de olho de lombo e espessura de gordura subcutânea. 

E nesta edição a prova está mais completa e com novidades. Uma delas é a prova de fêmeas cujo objetivo é identificar e qualificar fêmeas classificadas como elite dentro da prova e que atendam também aos requisitos para participar como doadoras em programas de multiplicação da raça além de descobrir quem são as melhores em qualidade e quantidade de produção de embriões através das técnicas de avaliação uterina, uma vez que a raça esta sendo alavancada pelo uso intensivo da fertilização in vitro e transferência de embriões e na busca da disseminação de matrizes de elevado mérito genético.

A outra novidade é a parceria com a ABS PecPlan na seleção dos touros do ATJ Plus, onde os elites terão lugar garantido na coleta de sêmem para distribuição pelo ATJ – Avaliação de Touro Jovem do Geneplus e terão preferencia na contração pela central. A coordenação do ATJ Plus organiza a logística de distribuição entre os interessados, que por sua vez, ficam compromissados com o envio dos dados da produção nascida para a avaliação pelo Geneplus. Esta segunda etapa consagra os campeões – MELHORADORES. 

Além disso, o NBM Senepol fechou parceria com a Embrapa Gado de Corte para uma avaliação complementar onde animais selecionados pelo Geneplus, após a PADS e que sejam positivos no andrológico, serão enviados para a Embrapa em Campo Grande/MS e ficarão 90 dias avaliando sua eficiência alimentar – CAR. O CAR é uma ferramenta que mede a conversão alimentar animal e refere-se ao quanto de alimento é ingerido (na base matéria seca) para que o animal ganhe um quilo de peso vivo. O ganho de peso, a conversão alimentar e o custo da dieta são os fatores determinantes da eficiência econômica e determina os impactos econômicos diretos da redução do consumo de alimentos.

Também nesta etapa complementar será feito o estudo de congelabilidade do sêmem destes touros afim de identificar touros que apresentem alta performance reprodutiva e alta eficiência de fecundação.

A PADS é a única prova a pasto e de longa duração e em sua 6ª Edição, a PADS de machos continuará provando campeões.  As duas provas terão início no dia 01 de julho de 2016, na Fazenda San Francisco, em Miranda (MS). Os animais inscritos irão passar 252 dias em pastagens de alta qualidade, com suplementação alimentar balanceada, para serem avaliados ao final. 

Veja aqui reportagem completa sobre a PADS Senepol. Gilberto Menezes da Embrapa explica a importância da avaliação genética e Lucas Menezes do Geneplus explica os detalhes e critérios utilizados na prova. Assita em https://youtu.be/F8Q1afsMl1c 

A participação na 6ª Edição da PADS é aberta a todos os criadores de Senepol que se interessarem. Fique atento aos prazos! 

Veja abaixo os critérios para a seleção dos animais que poderão participar:

Sexo: machos e fêmeas

Período de nascimento para 6ª edição: 01/06/15 a 30/11/15; 

Categoria: PO;

Não ter defeitos desclassificatórios funcionais, fisiológicos e raciais.

Prazo para inscrições: até 15/06/2016 

Recepção dos animais: de 16/06/2016 a 30/06/2016

Início da Prova: 01/07/2016

Local da Prova: Fazenda San Francisco – Miranda/MS.

Participem e vamos fortalecer a seleção da genética de qualidade do Senepol no Brasil.

Participaram da 5a edição da prova 116 animais selecionados criteriosamente pelos criatórios Fazenda Bama, Ita Senepol, LHP Senepol, Sadi Filho, Senepol Brandamundo, Senepol Brasil, Senepol CMI, Senepol Gold, Senepo LLS, Senepol 77k, Senepol SAN, Senepol Santa Luzia, Senepol Tamar e Senepol da Terra.

 

Informações – Carolina Coelho – PADS Senepol – senepolpads@gmail.com – (67) 9980-9044

 

Escolhendo Touro para cruzamento industrial – Critérios importantes para selecionar um bom reprodutor

Um projeto de cruzamento industrial vitorioso começa com a escolha das raças, ou tipo animal, mais indicados para cada caso, dependendo da região, da genética disponível e da infra-estrutura da propriedade.

A escolha correta do touro é fundamental para o sucesso do cruzamento.

A escolha de um reprodutor tem influência direta no retorno econômico do seu negócio e por esta razão este animal deve ser escolhido cuidadosamente tendo em conta o mérito genético do seu rebanho, os objetivos do seu empreendimento, o mercado que deve ser atingido e o sistema de produção e condição ambiental da sua fazenda. A escolha certa do reprodutor irá refletir no sucesso produtivo.

É preciso conciliar todas as informações para que se tenha uma visão completa do animal e dos potenciais de seus descendentes, de modo que traga melhorias desejáveis para o rebanho e lucro para o produtor ao comercializar o produto final. A melhoria alcançada em um rebanho beneficia toda a cadeia produtiva e consumidora, já que a produção de animais com qualidades superiores aumenta a rentabilidade de seus criadores, beneficia a indústria, valoriza o produto no varejo e, por fim, o consumidor, que adquire um produto de qualidade superior.

O cruzamento é um dos mais importantes processos que o criador pode lançar mão tendo em vista o aumento rápido do rendimento de seus rebanhos. Ao se escolher uma raça deve se considerar eficiência alimentar, fertilidade, resistência a doenças e longevidade do reprodutor. Vamos falar aqui do cruzamento entre 2 raças, o Nelore e o Senepol.

 Nelore é a raça que representa 80% do gado de corte brasileiro, um zebuíno muito resistente e fértil e o Senepol, um taurino adaptado com alto ganho de peso, precocidade sexual e acabamento. Buscando a melhoria dos resultados na pecuária brasileira abordamos aqui as características do cruzamento industrial com objetivo de gerar produtos de melhor constituição, mais vigorosos e de maior capacidade de produção.

A melhor ferramenta hoje é o Cruzamento Industrial. Mas o que é o Cruzamento Industrial?

É o cruzamento entre indivíduos de raças diferentes, onde o touro é geralmente de raça pura, buscando aumentar a eficiência na produção de carne. A razão principal para se fazer o cruzamento orientado entre raças é aumentar a lucratividade (renda líquida), através do aumento da produtividade (eficiência de produção). Nenhuma raça é perfeita. Cada uma tem seus pontos fortes e fracos. O animal produto do cruzamento deverá combinar o elevado potencial de produção da raça de clima temperado com a adaptação da raça tropical.

Escolhendo-se as raças apropriadas para o cruzamento, o potencial de produção e a adaptação tropical dos animais cruzados podem ser combinados ao seu ambiente – quanto mais complementares forem as raças, maior é a produtividade, e, consequentemente, maior a lucratividade. O cruzamento entre raças ou heterozigose busca gerar heterose, ou vigor híbrido, que gera produtos de melhor constituição, mais vigorosos e de maior capacidade de produção. “Centenas de pesquisas mostram que os produtos cruzados são, geralmente, superiores aos produtos “puro-sangue” em uma ou mais características, principalmente, quando se pretende uma renda imediata.”

Realizando a combinação utilizando matrizes Nelore com Touro Senepol é possível combinar as características de adaptabilidade, ou seja, aproveitaremos a resistência e fertilidade das vacas zebu, e o ganho de peso, precocidade sexual e acabamento das raças taurinas.

Veja um exemplo:

Zebu – abate aos 32 meses com peso ideal de 16,5@. Produto de cruzamento – abate aos 24 meses com peso ideal de 18@.

Conclusão: O Produto de Cruzamento pesa 1,5 @ a mais que o zebu ao abate, saindo 8 meses antes.

Para o Produto de Cruzamento ganhar 1,5@ extra, consome o equivalente a 3 meses a mais de pasto.
Haverá então 5 meses de vantagem para o produto de cruzamento.

Falando de Taurinos

As raças taurinas adaptadas também evoluíram em regiões tropicais. Comparadas com as européias, tais raças desse grupamento têm maior resistência para calor e carrapatos e produz bem em ambiente com restrição alimentar. As características de qualidade de carne, incluindo a maciez, estão mais próximas daquelas das raças européias do que das raças indianas.

Falando de Senepol

As características mais importantes no Senepol são: a Padronização de produção, Resistencia: Tolerância ao calor, pelo zero, baixo índices de infestação de ecto e endoparasitas, criado a pasto sem necessidade de manejo especial, longevidade, vacas com 15-20 anos ainda em produção, alto desempenho reprodutivo e libido, alto índice de prenhes por monta natural, desmama com maior peso, Docilidade e caráter mocho. O Senepol tem tamanho moderado, cor padronizada e mocho.

Dessa maneira permite a obtenção dos lotes com carcaças frigoríficas mais padronizadas. Os animais Senepol apresentam um rápido crescimento, isso favorece a pecuária de corte fazendo com que o ciclo de engorda seja muito curto. São características como a elevada capacidade de transformação de pasto (proteína vegetal) em carne (proteína animal) que deixa o gado pronto para o abate rapidamente, ou seja, com maturação de peso e carcaça frigorífica em idades ainda precoces.

No cruzamento industrial no Brasil as raças mais usadas são: Angus,  Bonsmara, Caracu e Senepol.

  • ANGUS – Raça britanica pura – Europeu
  • BONSMARA – Africander + Hereford + Shorthorn
  • BRANGUS – Brahma x ngus
  • CARACU – Crioulo
  • SENEPOL – N’Dama + Red Poll

 

 “O cruzamento industrial entre as raças Nelore e Senepol propicia o choque

resultante da união de indivíduos portadores de patrimônios hereditários

bastante diferentes gerando alta heterose. A alta heterose individual gerada

 na progênie de Senepol combinada com as características da raça zebuína,

compondo assim o cruzamento, resulta na alta produtividade da progênie.”

 

Vantagens do cruzamento de matriz Nelore com Touro Senepol:

 

– 100% de heterose nos produtos

– Elevado potencial de crescimento

– Simplicidade na execução e flexibilidade do sistema

– Touro cobre a campo por ser taurino adaptado se desempenha muito bem em monta natural

Se o objetivo do resultado deste cruzamento é a produção de carne, os machos e fêmeas produtos do cruzamento deverão ser comercializados, não retendo novilhas cruzadas para reposição de matrizes. Para utilização dessas fêmeas como matriz objetivando heterose deve-se buscar uma terceira raça com características complementares que gerem heterose a fim de melhorar resultados.

No entanto, para o pecuarista que optar por raças adaptadas como o Senepol, abrem-se outras possibilidades na utilização dos produtos fêmeas, que não a produção de carne. Estas fêmeas são matrizes perfeitas para a formação de um plantel de cria pois carregam várias características positivas como precocidade sexual e de peso reduzindo o ciclo dentro da fazenda. 

A escolha do Touro

                Visando uma boa produção de bezerros, a busca e a seleção por reprodutores de bom padrão se iniciam com a aquisição de animais ou seu material genético (sêmen) de boa procedência.

Comprovações como, o exame andrológico do animal, que avalia todos os fatores que contribuem para a função reprodutiva normal do touro, além dos atestados usuais de sanidade, dando preferência para a compra de criadores com bom histórico de vendas e que, preferencialmente, ofereça garantia de valor genético.

Uma ferramenta para auxiliar na seleção das características é o DEP (Diferença Esperada de Progênie) que consiste em um valor obtido pela diferença no desempenho esperado para os futuros descendentes de um touro quando comparado à performance dos descendentes de outros touros avaliados, quando acasalados com matrizes muito semelhantes.  

Aqui estão algumas orientações básicas do que levar em conta na hora de escolher um touro:

1- Valorizar sempre as informações de DEPs de um touro. Essa é a melhor e mais precisa ferramenta para descrever o mérito genético de um animal. É com essa ferramenta que se pode realizar ganhos genéticos aditivos ao longo prazo. Os ganhos aditivos (seleção através da DEP’s) juntamente com a exploração da heterose e complementariedade das raças representam a sustentabilidade na eficiência produtiva de um programa de cruzamento industrial.

2- Adquira sêmen de um reprodutor que atenda os seus objetivos de produção e as exigência do mercado. Por exemplo, venda de bezerros esta relacionado a altas taxas de crescimento do nascimento ao desmame e portanto deve-se dar ênfase a touros que tenham alta DEP para peso a desmama. Em outra situação a venda de novilho precoce esta associada a altas taxas de ganho na fase pós desmama e precocidade de terminação, aqui a ênfase deverá ser em DEPs de peso ao ano e DEP de gordura na carcaça. Para novilhas jovens, touros com baixa DEP ao nascer devem ser escolhido afim de evitar dificuldade de parto.

3- Dar preferência para reprodutores que imprimam características de adaptação e funcionalidade. Uma genética não adaptada as condições de produção nos trópicos diminui a produção, exige mais insumos e mão-de-obra aumentando consequentemente o custo de produção. Esses atributos de adaptação são: animais de pêlo curto e liso, aprumos corretos, ossatura forte, pigmentação da mucosa ocular, testículos bem formados, temperamento dócil e capacidade termo reguladora.

4- Procurar adquirir animais de tamanho corporal adequado e condizente com o seu sistema de produção e mercado: nem tão grande que produzam novilhas de puberdade tardia, elevada exigência nutricional e dificuldade de parto e nem tão pequeno que apresentem diminuição no ganho de peso e peso de carcaça que pode ser penalizada pelo mercado.

5- Dar preferência a aquisição de sêmen de reprodutores cujos dados são provenientes de um programa de melhoramento genético que envolvam vários rebanhos e um substancial número de vacas de modo que se possa adotar uma alta pressão de seleção sobre os indivíduos (apenas 20% dos machos são destinados para reprodução). Em outras palavras, “qualidade só sai com quantidade”, ou seja ganhos genéticos são significativos em grandes populações onde é possível fazer forte pressão seletiva e descarte por produção (Fries, 1996)

Lembre sempre: “A escolha correta do touro é fundamental para o sucesso do cruzamento!”

Senepol SAN – venda permanente de touros e matrizes/doadoras, sêmen e embrião da raça Senepol. Em nosso site você encontrará mais informações sobre nosso trabalho. Clique aqui!

 

Abraços e até a próxima, Carolina Coelho – Senepol SAN – Genética de Peso

www.senepolsan.com.br – (67) 9980-9044 – carol@fazenadasanfrancisco.tur.br

Fontes:

Cruzamento Industrial: Processo Chave para Obtenção de Novilhos Precoces – Alexandre Zadra –  https://docs.ufpr.br/~freitasjaf/artigos/cruzamentoindustrial.pdf

Site ABCB Senepol – http://senepol.org.br/sobre-a-raca/caracteristicas/

Revista Rural – CRUZAMENTO INDUSTRIAL – FAÇA A ESCOLHA CERTA!  http://www.revistarural.com.br/edicoes/item/6739-cruzamento-industrial-faca-a-escolha-certa

MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL NO BRASIL: UNDAMENTOS, HISTÓRIA E  IMPORTÂNCIA – Keppler Euclides (CNPGC- EMBRAPA)

http://coral.ufsm.br/melhoramentoanimal/textos%20reunidos.pdf

Clube de Amigos do Campo Gerdau – Parâmetros para escolha de reprodutores http://www.clubeamigosdocampo.com.br/artigo/parametros-para-escolha-de-reprodutores-1348

Xhosa da Lasa – doadora Senepol San‬

O por quê de ser doadora?

✔️É um animal de muita carcaça, mais carcaça do que perna;
✔️Traseiro musculoso, local onde tem as carnes mais nobres e valorizadas pelo consumidor;
✔️Passa suas características para seus filhos, ou seja, tem progênie provada no criatório.

Senepol San seleciona suas doadoras para fornecer o melhor da raça a seus clientes!
Xhosa da Lasa – doadora ‪#‎SenepolSan‬

www.senepolsan.com.br
#SenepolSan
‪#‎GeneticaDePeso‬

Senepol San abre seu banco genético para o 3º Leilão Embriões Senepol 3G e Convidados

Senepol San abre seu banco genético e oferta muita variabilidade e qualidade aos compradores do 3º Leilão Embriões Senepol 3G e Convidados – Sementes para o futuro!

OPORTUNIDADE de aumentar seu plantel com genética de peso!
Xhosa da Lasa, uma doadora reserva da San, filha do RD Hercules 6801 em mãe Nocona. Fêmea muito expressiva, de forte estrutura óssea e com muita produção boa na já nascida no Senepol San, acasalada com PRR 7013, touro de muita carcaça, com produção comprovada em vários rebanhos.

944 da San é muito feminina, filha da Buriti da JAJ que foi considerada a melhor doadora pelo Dr. Argeu Silveira, acasalada nada mais nada menos que com o raro HBC Rondon 43K. São os últimos embriões que a San possui e que estarão disponíveis aos compradores para atender a este grande evento. Oportunidade única!!

Gata Ruiva é filha do CN 850 e seu avô materno Wizard 36M. Acasalada com CN 550, touro TOP 1% no Sumário Geneplus Embrapa.
James Bond da Lasa é filha do RBS 9704, touro que possui mais de mil filhos nascidos, provado em vários rebanhos diferentes com Cerva da JAJ que leva a GST Sol 31. Acasalada com WC 173, um touro compacto de muita musculatura, de linhagem WC fechada.
O Leilão será no dia 13 de Maio as 20h30 com transmissão pelo Canal Rural.

Genética especial da SAN será ofertada no 3º Leilão Estrelas Senepol 3G

Escolhida especialmente para trazer resultados de peso para criatórios já consolidados ou para novos criatórios que se preocupam com qualidade genética, Senepol SAN apresenta a SPECIAL da SAN TE.

Ela chama atenção pela sua feminilidade e pelo volume de carne que possui em seu traseiro, carga genética que vem da sua bisavó materna Baton 1627 da Stéfani.

Baton 1627 da Stéfani é a principal doadora do Senepol San porque já provou que sua progênie é diferenciada para ganho de peso.

WC 173, seu pai, é um touro compacto de muita musculatura, de linhagem WC fechada.

Special da San carrega uma carga genética de muito peso, é uma fêmea que expressa toda a beleza racial do senepol e irá a remate no 3º Leilão Estrelas Senepol 3G & Convidados.
Dia 13 de Maio, sexta-feira as 20h30 na Fazenda Santa Inês em Barretos – SP. Transmissão Canal Rural.

Conheça a Special da SAN no vídeo https://youtu.be/jG57LVL

Programa Geneplus-Embrapa apresenta resultados da Prova de Avaliação de Desempenho do Senepol

O resultado da 5ª edição da Prova de Avaliação de Desempenho do Senepol (PADS), realizada na Fazenda San Francisco (Miranda, MS), foi anunciado nesta quinta-feira, 14, na Embrapa Gado de Corte. Coordenada pelo Programa Geneplus-Embrapa, em parceria com o Núcleo Brasileiro de Melhoramento do Senepol (NBM Senepol), a prova contou com a participação de 108 animais. A principal finalidade é identificar touros jovens melhoradores para a raça.

Os animais foram di1461787438vididos em duas provas de acordo como o mês do nascimento. Na prova 1, com nascidos de junho a agosto de 2014, os três primeiros colocados foram CMI 1791 (PRR 7013S x RD 6801J), BAMA 1611 (WC 98N x N2302) e BAMA 1576 (WC 98N x N2302). Já na prova 2, para touros nascidos de setembro a novembro de 2014, os três primeiros colocados foram GOUD 549 (OLR UNICO ROJO x SOL 31), CMI 1833 (ZEKE DA AGIR x HOTSTUFF 104F) e SL 179 (PRR 840 x GRAND DUO).

A Fazenda CMI (Camapuã, MS) foi um dos destaques na avaliação e recebeu quatro certificados na prova, incluindo o primeiro lugar na prova 1. “A Senepol CMI sempre buscou melhoramento genético e melhor qualidade dos animais, então conseguir essas colocações na PADS é um reconhecimento de que estamos no caminho certo”, disse a representante da propriedade, Carine Pauperio.

Durante a apresentação, o zootecnista do Programa Geneplus-Embrapa, Lucas Silva, anunciou uma novidade para a próxima PADS, que começa no dia 1º de julho e vai até abril de 2017, que é a inclusão de fêmeas na prova. “A intenção é identificar fêmeas precoces e mais produtivas para que sejam uma forma de escolha de doadoras dentro dos rebanhos selecionados da raça”, explicou.

ATJPLUS
Os animais que se destacaram na PADS são pré-candidatos ao Programa de Avaliação de Touros Jovens da raça Senepol (ATJPLUS) que, a partir deste ano, conta com a parceria da central de inseminação artificial ABS Pecplan. “O ATJPLUS visa fomentar o uso de touros jovens nos rebanhos, contribuindo para a redução do intervalo de geração e, consequentemente, para o progresso genético da raça”, explica o pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Gilberto Menezes, um dos coordenadores do Programa de Melhoramento do Senepol no Programa Geneplus-Embrapa.

Serviço
Mais informações sobre a PADS podem ser obtidas com a equipe do Programa Geneplus-Embrapa nos telefones (67) 3368-2181/2065/2103.
Fonte: Embrapa-Gado de Corte

http://www.portaldbo.com.br/Portal/Racas/Geneplus-apresenta-campeoes-do-PADS/16264

Venda gado raça Senepol Fazenda San Francisco.